Carteira de motorista (carta de condução) portuguesa – 3º passo (final)

Já falei sobre os dois passos iniciais para se trocar a carteira de motorista brasileira pela carta de condução portuguesa, que é ter o atestado do Consulado Brasileiro e um exame médico. Com isso em mãos, é só ir ao IMTT (no Porto fica perto do Norteshopping –  Av. Fontes Pereira de Melo 485/527) levando o seguinte:

  • atestado médico (eles não ficam com o atestado, somente carimbam e devolvem);
  • atestado do Consulado Brasileiro (fica lá);
  • sua carteira de motorista original (fica lá);
  • documento de identificação com foto + cópia simples (levei cartão de residente);
  • NIF caso seu documento de identificação não tenha o número;
  • Dependendo da categoria da carta, psicotécnico (carro e moto sem fim comercial não precisa, veja aqui quais casos exigem).
  • 30 euros.

Como sempre até agora, fui muito bem atendida lá, apesar de esperar mais de uma hora para ser atendida. Uma vez no balcão, em 20 minutos estava tudo feito, incluindo assinatura digital e foto. Cheguei 9h30 e já tinha uma super fila (atendimento somente até 16h). Com tudo feito, você recebe na hora um protocolo que permite dirigir por Portugal, substituindo a carta de condução, que deve chegar na sua casa em até 15 dias.

Agora um aviso…

Eu demorei 15 meses desde que cheguei para fazer minha troca (setembro/2015 – novembro/2016) e a senhora que me atendeu disse que uma nova lei determina que a partir de agora (não entendi quando, ela disse que eu seria uma das últimas aceitas) a pessoa que vem residir em Portugal tem 90 dias úteis para fazer a troca, após a obtenção do cartão de residente, seja temporário ou permanente! A tal lei é a 40/2016 de 29 de julho.

De qualquer forma, minha sugestão é tratar disso tão logo seja possível. É tudo bem simples de resolver, em uma semana se faz tudo. E leve um livro para ler enquanto espera no IMTT 🙂

 

Anúncios

4 comentários sobre “Carteira de motorista (carta de condução) portuguesa – 3º passo (final)

  1. Boa tarde, com a demora para agendar no SEF, e aguardar a data para entregar os documentos, e por fim pegar o documento de residência, este prazo vai expirar, como será que vão fazer, pois um serviço depende do outro, um nao tem data pra finalizar, e outro tem……complicado….rs….obrigada pela explicação….😋

    Curtir

    • oi, Claudia. O prazo começa a contar a partir da “fixação de residência”, como eles mesmos dizem. Se vc vier com visto, já podes pedir assim que chegar. Ou se precisar esperar para a primeira residência, o prazo começa a contar a partir da data impressa na residência, que acredito ser o dia em que vc vai ao SEF e entrega a documentação. abs!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s