Consulado do Rio exige entrega da documentação via correios

Uma mudança que me parece bem inteligente (em Curitiba permitiam quando fizemos em 2015), se os correios e sua maravilhosa demora não atrapalharem, é que o Consulado do Rio de Janeiro (que vale também para quem mora no Espírito Santo) exige que a documentação seja enviada a eles via correio, ou seja, não se tem que ir lá presencialmente e esperar horassssss.

Por favor, note que este procedimento é obrigatório! No Consulado de Curitiba nós podíamos optar por ir até lá ou enviar. No Rio passa a ser exigido o envio pelos correios.

Essa informação é do site oficial. Primeiro, se faz o cadastro online. Depois, os documentos devem ser enviados. Espero que melhore para quem vive lá! E finalmente… Gente, isso é do RIO DE JANEIRO. Somente RIO DE JANEIRO (como disse, serve para quem vive no Espírito Santo e tem que se reportar a ele).

Anúncios

Nova lei faz disparar pedidos de visto: mais de 4 mil numa semana

Recentemente falei sobre uma mudança na lei de imigrantes portuguesa, que facilitaria para quem tem promessa de contrato de trabalho mas não está regularizado para trabalhar. Pois bem, agora estão saindo matérias nos principais jornais do país falando sobre a explosão no número de pedidos: mais de 4 mil em apenas uma semana de setembro!

Diz a matéria do Observador, um portal que gosto muito:

Aconteceu justamente aquilo que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) disse que ia acontecer: com a nova lei da imigração, em vigor desde agosto, os pedidos de autorização de residência em Portugal aumentaram. Nada menos que 1300%, noticia esta terça-feira o Diário de Notícias, que teve acesso aos números de requerimentos submetidos entre 11 e 18 de setembro. Em apenas uma semana, o SEF acusou a receção de 4.073 novos pedidos de visto. Durante a vigência da anterior lei, em média, eram feitos 300 pedidos do género a cada 7 dias. Leia tudo completinho no link do Observador que coloquei acima 🙂