Entrega de documentos no Consulado do Brasil no Porto – mudaram horários

Há alguns dias o Consulado do Brasil postou no Facebook um aviso sobre mudanças na dinâmica de emissão e entrega de documentos. É bom saber que estão preocupados com a situação lamentável das filas que se formam lá todos os dias, mas pessoalmente, não me pareceu uma boa solução. No aviso abaixo você vê que, a partir de 6/3/2019, vc faz o documento pela manhã e retorna à tarde para buscar.  Se for algum documento que não fique pronto no mesmo dia (procurações, atestado de residência…), quem mora no Porto volta depois e quem mora eu outro local recebe via correio (mais um custo!).

Quer dizer então que, em vez de perder uma manhã inteira de trabalho/estudo, como já estávamos sujeitos, agora tem que se sacrificar uma tarde também para ir retirar o documento? A mudança é bem boa para o Consulado, vai desafogar o aperto que é aquela sala de espera inadequada para a demanda, mas para quem trabalha ou estuda, ficou mais complicado. Para quem não mora no Porto, ainda vai ter o custo do envio do documento pelo correio, mas aí deve ficar mais em conta do que ter que se deslocar outra vez até o Consulado. Eu, sinceramente, acho que poderiam pensar numa medida que beneficiasse a todos.

52849966_2592678964080649_3625117711115223040_o

Anúncios

Ajuda com dúvidas dos candidatos a vagas no ensino superior

Se você faz parte de algum grupo de brasileiros em Portugal, tenho certeza de que as dúvidas sobre as candidaturas ao ensino superior e pós-graduação são assuntos frequentes. O povo tem muitas questões sobre o processo, datas e documentos que devem ser anexados, e o sistema de apoio das universidades é péssimo – já passamos por isso duas vezes aqui em casa.

Uma iniciativa muito legal, louvável, da Universidade da Beira Interior (UBI), onde estudo, é a criação de um sistema exclusivo para sanar essas dúvidas, chamado SAFE. Deixo aqui o link para saberem mais sobre ele. E aproveitando a ocasião, a UBI, além de ser uma ótima universidade em termos de infraestrutura, tem cursos de excelente qualidade, só menos “famosos” dos que os de Lisboa e do Porto. E se você vir os preços para viver na Covilhã, em comparação com as grandes cidades portuguesas, vai se apaixonar, hehehe. O preço das propinas da UBI também é dos menores do país.